Trilha Suspensa do Parques Nacional da Serra dos Órgãos

Trilha Suspensa do Parques Nacional da Serra dos Órgãos

Imagine caminhar em um espaço onde pode observar a diversidade da vegetação da Mata Atlântica, ouvir o canto dos pássaros e sentir o frescor do clima das montanhas?

A Trilha Suspensa, localizada no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, possui cerca de 1.300 metros e seu acesso se dá pelo final da estrada da Barragem, dentro do parque. A trilha é construída em tablado, piso de madeira, com corrimão e altura de 1 a 8 metros do chão, dependendo do trecho. Possibilita a visão da copa das árvores, de plantas diversas e do paredão rochoso. É acessível e, em casos de sorte, avistam-se alguns animais de nossa fauna, como os quatis, macacos prego e outros. Acessando a Trilha Suspensa pela parte de baixo, próximo à casa do Pesquisador, você pode banhar-se no poço Ceci & Peri, um pequeno mas ótimo local para aproveitar as águas frescas na serra.

No Parque Nacional da Serra dos Órgãos você encontra belas cachoeiras, trilhas, áreas para piquenique, camping, estacionamento e muito mais.

O Parnaso – que ocupa 20.024 hectares protegidos nos municípios de Guapimirim, Petrópolis, Teresópolis e Magé – é a maior rede de trilhas do Brasil: são mais de 200 quilômetros em todos os níveis de dificuldade: desde a Trilha Suspensa, acessível inclusive para pessoas com deficiência que necessitam de cadeiras de rodas, até a pesada Travessia Petrópolis-Teresópolis, com 30 km de subidas e descidas pela parte alta das montanhas e que tem como parada a Pedra do Sino.

Imagem e Texto: Chris Rocha

Deixe uma resposta