Fonte Judith

Fonte Judith

Que tal um água fresquinha, pura e diretamente de fontes naturais, vindas das montanhas! Que delícia! Conheça a Fonte Judith.

Localizada no bairro Alto, próximo à Praça Higino da Silveira, onde acontece a FEIRAT, você pode experimentar uma água fresquinha e natural, na Fonte Judith.

O espaço foi construído pelo pedreiro Manoel Guedes da Costa, em 1920 e recebeu o nome de Judith, em homenagem a filha de Luiz de Oliveira, que foi proprietário das terras. A homenagem relaciona-se ao fato de Judith ter sido curada de uma grave enfermidade através das propriedades medicinais da água da fonte. O local foi remodelado em julho de 1967, quando Luiz vendeu as terras para Arnaldo Guinle. O projeto arquitetônico em estilo colonial, revestido com azulejos portugueses de Jorge Colaço possui cinco saídas d’água em forma de faunos. Na fachada há duas trovas que homenageiam o monumento, uma de autoria do trovador Manoel de Araújo Peres e outra da trovadora Ilda Correia Leite.

É um lugar bastante visitado por moradores da cidade, que buscam água da fonte, e por turistas, sendo um cartão postal do município. A prefeitura monitora constantemente a qualidade da água e de acordo com a análise mais recente, a fonte está própria para o consumo.

Texto e Fotografia: Chris Rocha

Deixe uma resposta